Dossiês

Grandes protestos que mudaram o Mundo

Catarina Gonçalves
14/10/2011
0

Marcha do Sal, Crise Académica, Marcha em Washington pelo Trabalho e Liberdade e Marcha pelo Sufrágio Feminino são alguns do exemplos sonantes de protestos e manifestações pacíficas que mudaram os sistemas mundiais.



Ao longo dos tempos, a população criou a necessidade de se fazer ouvir. Através dos protestos e das manifestações nasceram algumas das ideias precursoras de movimentos que hoje em dia movem mundos.

Algumas dessas grandes manifestações e protestos levaram a grandes alterações nos governos e nas leis de muitos países


MARCHA DO SAL

Datas:12 de março a 6 de abril de 1930

Objetivos: acabar com o imposto sobre o sal e com o domínio britânico na Índia

Figura: Mahatma Gandhi

A Marcha do Sal, tornou-se numa grande manifestação, que por meios não-violentos, demonstrou o desagrado do povo indiano contra o domínio da Inglaterra sobre a Índia e contra o imposto sobre o sal fabricado neste país.

Iniciado por Mahatma Gandhi, o protesto começou com uma marcha a pé enquanto Gandhi enchia panelas com água salgada e extraia o sal delas depois da água secar. O protesto reuniu cerca de 60 mil pessoas, durante 24 dias

Mesmo tendo sido preso, defendeu até ao fim manifestações pacíficas, enquanto as pessoas que se tinham juntado anteriormente à marcha continuavam a lutar contra o imposto do sal e contra o domínio britânico sobre a Índia.  

sal tornou-se no símbolo da opressão britânica.




CRISE ACADÉMICA DE 1962

DATA: 24 de março de de 1962 (proibição do dia do estudante)

Objetivos: Acabar com as pressões do governo sobre os estudantes

Figura: Estudantes Universitários

A Crise Académica de 1962 é um dos grandes exemplos da luta estudantil portuguesa

Nas comemorações do 25 de novembro -Tomada da Bastilha de 1921 -, em 1961, os estudantes saíram à rua para se manifestar contra a Guerra Colonial. Este evento terminou com a apreensão de vários estudantes por parte da polícia. Consequentemente, surgiram vagas de apoio e indignação por todo o país.

Foi com este clima instável que, em 1962, Oliveira Salazar toma a decisão de proibir as comemorações do Dia do Estudante.

Esta proibição causou a revolta de vários grupos de estudantes universitários.

O protesto começou na Cidade Universitária de Lisboa, que acabou por ser reprimida pela polícia de choque. Consequentemente, todas as associações académicas decretaram Luto Académico, que cessou com o protesto contra o Estado Novo. Este tornou-se num dos protestos mais importantes contra o próprio estado.





MARCHA PELO TRABALHO E LIBERDADE

Data: março de 1963

Objetivos: fim da segregação social, anti-apartheid

Figura: Martin Luther King

Marcha em Washington pelo Trabalho e Liberdade - I have a dream!, tornou-se na iniciação da revolução contra atos como o Apartheid, e a favor dos direitos e da liberdade para todos. 

Foi uma manifestação política de grandes dimensões, com cerca de 250 mil participantes, iniciada por Martin Luther King, onde discursou o famoso texto I have a dream!

A Marcha em Washington teve uma grande importância na luta pela liberdade, justiça social, trabalho e pelo fim da discriminação racial





MARCHA PELO SUFRÁGIO FEMININO

Data: 1913

Objetivo: Conceder o direito de voto às mulheres

Figuras: 1983 - Kate Sheppard garante o direito de voto feminino na Nova Zelândia | 1872 - Susan B. Anthony tenta votar nas presidenciais americanas

A Marcha pelo sufrágio feminino em 1913, foi um grande passo para a defesa dos direitos da Mulher, quando milhares de mulheres se juntaram a favor do voto feminino junto da Casa-Branca em Washington DC.

Em 1872, Susan B. Anthony tentou votar nas presidenciais americanas, acabando por ser presa, mas serviu de precursora para a luta do voto feminino

Cerca de 50 anos depois da sua prisão, a luta continuou e finalmente fez-se mostrar na constituição dos Estados Unidos da América, garantindo o voto das mulheres, e ganhando a luta dos direitos da mulheres.







TAGS: , Martin Luther King, Marcha do Sal, Crise Académica, Marcha em Washington pelo Trabalho e Liberdade, Marcha pelo Sufrágio Feminino, Grandes protestos, manifestações, Ocupa, New4Media, N4M

 

Últimos comentários

Comentários