Dossiês

o rosto de Guy Fawkes tem sido uma das figuras que tem marcado os últimos meses

15.O: Para além de Portugal

Daniela Ferreira
0

O movimento 15 de outubro é um protesto a nível mundial. De acordo com a United For Global Change, são 951 cidades, em 82 países.

Em algumas cidades, as manifestações não estão a decorrer de forma pacífica.





Este não foi um protesto somente Português. Foi sim um apelo mundial à mudança global
O objetivo: trazer para a rua aqueles que não pertencem aos 1% de população mundial da classe dos ricos, daí nasce uma das frases que marcou o dia "We are the 99%" - "nós somos os 99%".

Itália:

Milhares de pessoas insurgiram-se, hoje, contra a corrupção, o poder corporativo e os cortes salariais. 

Em Roma, atos de vandalismo de protestantes encapuzados obrigaram a polícia a fazer uma intervenção de choque. Neste momento, as autoridades tentam controlar a situação anárquica que se vive na cidade, que já causou alguns feridos, entre civis e polícias, e muitos estragos materiais. 

De acordo com a CNN, foram arremessados cocktails Molotov, junto à Porta San Giovanni - um dos ex libris da cidade - e há ainda registo de vários carros em chamas.

Para acalmar os ânimos, a polícia recorreu a gás lacrimogéneo e canhões de água. Cerca de 20 pessoas estão feridas, e já foram feitas várias detenções.


Inglaterra:

Em Londres, os manifestantes protestam contra as instituições financeiras. Citado pela CNN, o protestante Peter Vaught acusa estas instituições de lhe estarem a "levar todo o dinheiro". Acrescenta que todos os que ali estão "são a voz do povo real que o governo ignorou".

Quem marcou presença no protesto inglês foi Julian Assang, fundador do WikiLeaks, que falou à multidão. "O que está a acontecer aqui é o culminar da ganancia de muitas pessoas que têm trabalhado desde o Cairo até Londres", disse Assang.

Em território inglês, as manifestações têm corrido de forma pacífica. Ainda assim, há registo de três detidos, dois deles por agressão a membros da polícia.


Austrália:

Cerca de 2mil pessoas tomaram as ruas em frente ao Banco Central da Austrália, em Sidney. De acordo com a agência Reuters, entre os manifestantes encontram-se representantes aborígenes, sindicalistas e comunistas.



TAGS: , #15oct, 15 de outubro, geração à rasca, united for global change, geração à rasca, Roma, Inglaterra

 

Últimos comentários

Comentários