Dossiês

Já são mais de 30 mil à rasca

Carlos Mendes
0
Faltam 8 dias para a manifestação que promete encher a Avenida da Liberdade, em Lisboa, e a Praça da Batalha, no Porto, com vozes de uma geração, alegadamente, à "rasca".


A geração à rasca tem movido massas para a manifestação, com data marcada para o dia 12 de março, às 15h, na Avenidade da Liberdade em Lisboa, e na Praça da Batalha no Porto, à mesma hora e no mesmo dia.
É uma manifestação que promete mobilizar um aglomerado de pessoas, maioritariamente jovens, que se sente "à rasca", com dificuldades económicas, trabalho precário a recibos verde, ou mesmo no desemprego.

O movimento tem ganho adeptos à velocidade de um clique, como se pode verificar na página de facebook da manifestação, que é já descrita como o "grito" de revolta da sociedade "escrava".

João Labrincha, Alexandre De Sousa Carvalho, Paula Gil e António Frazão são os dinamizadores e criadores deste evento.

Podem ler-se palavras de ordem e gritos de revolta na página oficial do protesto, geração à rasca

Os criadores do protesto explicam como a ideia nasceu:


TAGS: Geração à rasca, protesto geração à rasca, manifestação avenida da liberdade, manifestação praça da batalha, manifestação lisboa, manifestação porto, deolinda parva que eu sou, deolinda geração à rasca

 

Últimos comentários

Comentários