SHOT

Escritor Luis Goytisolo vence prémio literário Carlos Fuentes 2018

24/07/2018
0
O escritor catalão Luis Goytisolo, conhecido pela tetralogia \'Antagonía\', é o vencedor deste ano do prémio Carlos Fuentes, que distingue a cada dois anos um autor de língua espanhola, anunciou na segunda-feira o Governo mexicano.

A escolha de Juan Goytisolo, nascido em Barcelona em 1935, foi unânime entre o júri, que reconheceu a capacidade de "renovar o romance tradicional através da pluralidade de perspetivas, incluindo o ensaio, a filosofia e a reflexão sobre a própria criação literária", segundo um comunicado da Secretaria da Cultura que patrocina o prémio de 250 mil dólares (213 mil euros) com a Universidade Nacional Autónoma do México (UNAM).
 
Presidido pelo mexicano Eduardo Lizalde, vencedor da edição de 2016, o júri destacou o "método autorreflexivo da narrativa" do espanhol, cuja obra "é um incrível edifício verbal".

Com caráter bienal, o prémio foi já concedido ao peruano Mario Vargas Llosa, em 2012, ao nicaraguense Sergio Ramírez, em 2014, e ao mexicano Eduardo Lizalde, em 2016.

O galardão foi criado para reconhecer escritores consagrados em homenagem ao mexicano Carlos Fuentes (1928-2012), "cujo trabalho foi publicado na íntegra em espanhol e contribuiu para enriquecer o património literário da humanidade nesta língua", recorda a Secretaria da Cultura no mesmo comunicado.

 

Comentários