Dossiês

Huseyin Bagci em entrevista

Pedro Pinto

Hüseyin Bagci é professor e director do Departamento de Relações Internacionais da METU (Middle East Technical University). Nesta entrevista, desvaloriza o Califado de Bagdad, prevê um Iraque partido em três, com uma área curda no e refere a hipótese da criação do Curdistão, um tabu superado na Turquia.

Mariano Aguirre em entrevista

João de Sousa

Entrevista sobre a "violência híbrida" e os novos atores da violência. Destaque para a situação no Iraque e a atuação do ISIS. Mariano Aguirre é Director do NOREF ( Norwegian Peacebuilding Resource Centre) e do CRU (Conflict Research Unit).

Robert Sutter em entrevista

Pedro Pinto

Robert Sutter é prrofessor de Practice of International Affairs na George Washington University. Em entrevista ao UALMedia, responde à questão lançada na sua conferência: " A Ásia-Pacífico será pacífica"?

Alfredo Valladão em entrevista

Pedro Pinto

Alfredo Valladão, Professor no Institut d´études politiques de Paris (Sciences Po) e Senior Research Fellow no European Union Institute for Security Studies (EUISS - Paris). Em entrevista ao UALMedia, responde à questão lançada na sua conferência " A geoeconomia substituiu a geopolítica"?

Teresa Cravo em entrevista

João de Sousa

Teresa Almeida Cravo é Investigadora do Núcleo de Estudos sobre Humanidades, Migrações e Estudos para a Paz (NHUMEP) do Centro de Estudos Sociais e Professora em Relações Internacionais na Universidade de Coimbra. Esteve no OBSERVARE a discutir a morfologia das guerras atuais e conversou com o UALMedia.

Enzo Traverso em entrevista

João de Sousa

Enzo Traverso, Professor na Cornell University e Investigador na área de História das ideias políticas, esteve no II Congresso Internacional do OBSERVARE para abordar a temática "Cem anos de violência política" e conversou com o UALMedia.

Observare: o balanço do 2º dia

Sara Correia | Sara Gaspar

Balanço do segundo dia do II Congresso Internacional Observare. O tema desta segunda edição é "Guerra Mundial e Relações Internacionais - 100 anos depois de 1914". 

O convívio, o jantar e os prémios

UALMedia

O convívio marcou o final do primeiro dos dois dias do II Congresso Internacional Observare, um jantar no Palácio dos Condes de Redondo, a sede da Universidade Autónoma de Lisboa. No final, a organização procedeu à entrega dos prémios Observare, uma homenagem a pessoas singulares ou coletivas que se destacaram  na melhoria da relação entre os povos e na resolução pacífica de conflitos.

Observare: o balanço do 1º dia

UALMedia

Balanço do primeiro dia do II Congresso Internacional Observare. O tema desta segunda edição é "Guerra Mundial e Relações Internacionais - 100 anos depois de 1914". 

Congresso OBSERVARE em imagens

UALMedia

A Universidade Autónoma de Lisboa promove, nos dias 2 e 3 de julho, o II Congresso Internacional do OBSERVARE na Fundação Calouste Gulbenkian. A edição deste ano é subordinada aos 100 anos da I Guerra Mundial. Veja as imagens do primeiro dia.

Prémios Observare

Paulo Antonio Monteiro

Pela primeira vão ser atribuídos os prémios Observare, para homenagear pessoas individuais ou colectivas que se distinguiram pelos seus contributos para a melhor relação entre os povos e a resolução pacífica dos conflitos. Os prémios serão entregues durante o II congresso Internacional Observare.

II Congresso Internacional Observare

UALMedia

O Observare, Centro de Investigação em Relações Internacionais da UAL, realiza o  II Congresso Internacional, dias 2 e 3 de Julho, na Fundação Calouste Gulbenkian.