SHOT

Interior de um dos data center na Georgia (foto de Connie Zhou)

Google revela infra-estruturas mais secretas do motor de busca

25/10/2012
Pedro Rafael Araújo
0

Nem os centros de processamento de dados escapam às cores, ao design e à organização do famoso motor de busca. Pela primeira vez, a Google publicou fotografias das zonas até agora considerados como interditas e inacessíveis dentro da empresa.

A galeria de fotografias dos locais secretos é da autoria de Connie Zhou. Às imagens inéditas de zonas interditas aos olhos do público até hoje, juntam-se o vídeo publicado no blogue oficial do Google e o acesso a alguns data centers, pelo Street View, proporcionando uma visão exclusiva dos espaços, das pessoas e da tecnologia que mantém vivo o gigante motor de busca.

Através do novo site  Where the Internet lives, disponível em português, é possível ver detalhadamente os seis centros de dados do Google nos EUA: Lenoir, no estado americano da Carolina do Norte, Council Bluffs, em Iowa, The Dales, no Oregon, Berkeley County, na Carolina do Sul, Mayes County, em Oklahoma, e Douglas County, na Georgia. São apresentadas também imagens de dois centros de dados na Europa, em Saint Ghislain, na Bélgica, e Hamina, na Finlândia. Todas as fotografias são acompanhadas por uma legenda que explica o que está na imagem, acrescentando também algumas curiosidades e números da empresa.

O sucesso destas imagens estão relacionadas com a revelação inédita das infra-estruturas mais secretas do Google, os locais onde estão guardadas e são processadas todas as informações vitais dos utilizadores e onde os servidores são mantidos.

Clique e dê um passeio pelas instalações do Google em Lenoir, Carolina do Norte



TAGS: n4m, new4media, ual, google, data center, centros de processamento de dados, motor de busca, Google, Connie Zhou, Street View, Where the Internet lives, Lenoir, Council Bluffs, The Dales, Berkeley County, Mayes County, Douglas County, Saint Ghislain, Hamina

 

Comentários